De spray a radiação ultravioleta: conheça opções para higienizar seu carro contra o coronavírus

Ter cuidado com a higienização é fundamental no cenário pandêmico; saiba qual é a melhor forma de desinfetar o interior do seu veículo
De spray a radiação ultravioleta: conheça opções para higienizar seu carro contra o coronavírus

Reprodução / Sterbox

O Brasil está vivendo um dos momentos mais críticos da pandemia da Covid-19 com mais de 3 mil mortes por dia. Com isso, manter os ambientes que frequentamos higienizados é fundamental. O interior do seu carro, certamente, é um deles.

A virologista e professora da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), Clarice Arns, alerta para importância de manter a cabine do carro arejada. “Por mais que usem máscaras, pessoas conversando dentro do carro sempre estão passando vírus umas para as outras.”

Clarice Arns explica que o vírus fica no ar e que é importante manter o automóvel sempre arejado, com janelas abertas, mas não é o suficiente.

O álcool continua sendo eficiente para higienização, mas, para combater de fato o coronavírus, é interessante pensar em medidas que vão além. “Quem passa o vírus não é o carro, são as pessoas. Motoristas de aplicativos, por exemplo, não vão limpar o carro toda vez que entrar uma pessoa diferente”, explica Arns.

A virologista conta que “existem sprays com atividade antiviral excelentes. Eles contêm desinfetantes com íons de prata e cobre”. Segundo ela, basta aplicá-los nos filtros de ar dos carros, como o do ar-condicionado, por exemplo.

O produto irá agir contra os vírus e as bactérias que estão suspensos no ar e que circulam no interior do veículo. Ela afirma que os sprays funcionam por um bom tempo e uma borrifada pode durar até dois dias. Arns, junto com o laboratório de virologia do Instituto de Biologia da Unicamp, comprovou a eficácia dos seguintes sprays encontrados no mercado:

Sprays Antivirais

MarcaDuração
Silver Clean 800 doctorAté 48 horas
Premium Cleaner SprayAté 30 minutos
Spray Antisséptico Dux DefenderAté 4 horas
Atomic-70Até 48 horas

Fonte: Unicamp

Os preços dos produtos variam de R$ 20 a R$ 100.

Outra tecnologia que surgiu no mercado foi a dos raios ultravioleta tipo C (UVC). A radiação mata o DNA dos micro-organismos, como o vírus da Covid-19, e consequentemente deixa o vírus impotente. Algumas fabricantes estão desenvolvendo tecnologias por radiação ultravioleta (UV), a Jaguar Land Rover já faz testes para impedir a disseminação de bactérias e vírus através do método de raios UV.

Existem diferentes maneiras de utilizar os raios UV ou UVC. Alguns produtos já utilizam a radiação UVC, a mais potente, para purificar o ar. O Sterbox possui eficiência contra o coronavírus de 99,9%. Dado também comprovado pelo o laboratório de virologia do Instituto de Biologia da Unicamp.

O Sterbox pode ser usado em diversos ambientes, inclusive dentro de automóveis — Foto: Divulgação

O Sterbox pode ser usado em diversos ambientes, inclusive dentro de automóveis — Foto: Divulgação

O aparelho é pequeno, um pouco maior que a palma da mão. É como uma espécie de filtro: suga o ar, mata os vírus existentes com raios UVC e solta o ar limpo para ser respirado novamente. “O produto alcança espaços de até 15 metros cúbicos e necessita de uma fonte de energia. Pode ser ligado em entradas USB ou no acendedor de cigarros,” conta Roberto Luiz Cardoso, diretor de tecnologia da O2 Led Illumination, empresa que fabrica o aparelho.

Ele explica que o produto consome muito pouco, podendo ficar conectado até 60 dias contínuos no carro desligado sem descarregar a bateria. O aparelho, segundo Cardoso, também deixa o ambiente livre de ácaros e odores, com um “cheiro de ar limpo”.

“Você se sente mais seguro em relação ao combate de vírus e bactérias”, afirma Anderson Gusman, motorista da Uber e consumidor do produto. Ele conta que possui o Sterbox por mais de três anos e que no último ano comprou a versão mais atualizada.

Passageiros tiveram um boa impressão do aparelho e se sentiram mais seguros, segundo o motorista de aplicativo  — Foto: Divulgação

Passageiros tiveram um boa impressão do aparelho e se sentiram mais seguros, segundo o motorista de aplicativo — Foto: Divulgação

Além da higienização, o motorista conta que o produto também traz impacto na fidelidade de seus passageiros. “Uma vez peguei uma pessoa de idade em uma corrida que me contou que estava em casa há um ano, devido à pandemia. Ele se sentiu seguro no meu carro e até pediu para fazer mais corridas comigo”.

Anderson afirma que acredita no custo-benefício do produto. Atualmente o Sterbox custa de R$ 300 a R$ 400.

Mas, o motorista não deixa de fazer as limpezas “comuns” recomendadas pelo aplicativo. Ainda limpa o carro com álcool e desinfetante, já que o purificador desinfeta o ar, mas não limpa sujeiras e micro-organismos presos nas superfícies.

Para desinfetar essas regiões existem outros produtos que utilizam a mesma tecnologia, mas em outro formato. O Vírus Free UVC Power LED é um aparelho importado do Canadá que utiliza os raios UVC para higienizar as superfícies.

O aparelho pode ser usado para limpar superfícies de carros, vans, ônibus e trens — Foto: Divulgação

O aparelho pode ser usado para limpar superfícies de carros, vans, ônibus e trens — Foto: Divulgação

“O carro, sem nenhuma pessoa dentro, recebe a radiação por todas as superfícies. Depois de um certo tempo de exposição, que é calculado de acordo com o tamanho do veículo e a potência da fonte, as superfícies estão livres de contaminação por vírus e bactérias”, conta Celso Giltelman, CEO da Fftech, empresa que importa o aparelho.

Ele explica que essa tecnologia já está sendo usada em empresas de transportes, mas pode ser usada em todos os veículos. O produto pode ser alugado com uma diária de R$ 500 ou vendido por R$ 12 mil. A empresa também desinfeta um veículo utilizando o aparelho. O preço? R$ 50 por automóvel.

[AutoEsporte]